Skip to main content

Cookies and Privacy

We use cookies to improve your experience on our website. To find out more, read our updated Cookie policy, Privacy policy and Terms & Conditions

GettyImages-1137608601 Getty Images

Porque é que o capitalismo precisa do populismo?

CHICAGO – As grandes empresas estão sob ataque nos Estados Unidos. A Amazon cancelou os seus planos de abrir uma nova sede no bairro de Queens, na cidade de Nova Iorque, face à forte oposição local. Lindsey Graham, uma senadora republicana dos EUA pela Carolina do Sul, manifestou preocupação sobre a indiscutível posição no mercado do Facebook, enquanto a sua colega do Senado democrata, Elizabeth Warren, de Massachusetts, pediu a divisão da empresa. Warren também introduziu legislação que reservaria 40% dos assentos do conselho de administração corporativo para trabalhadores.

Essas propostas podem parecer deslocadas na terra do capitalismo de livre mercado, mas o debate atual é exatamente o que a América precisa. Ao longo da história do país, foram os críticos do capitalismo que garantiram o seu funcionamento adequado, ao combaterem a concentração do poder económico e a influência política que ela confere. Quando algumas empresas dominam uma economia, elas inevitavelmente juntam-se aos instrumentos de controlo estatal, criando uma aliança profana entre elites do setor público e privado.

Foi o que aconteceu na Rússia, que é democrática e capitalista apenas no nome. Ao manter o controlo total sobre a extração de mercadorias e a atividade bancária, uma oligarquia em dívida com o Kremlin descartou a possibilidade de uma concorrência económica e política significativa. De facto, a Rússia é a apoteose do problema que o presidente dos EUA, Dwight D. Eisenhower, descreveu no seu discurso de despedida em 1961, quando advertiu os americanos a “se precaverem contra a obtenção de influência injustificada” pelo “complexo industrial-militar” e contra o “potencial para o aumento desastroso do poder desajustado”.

We hope you're enjoying Project Syndicate.

To continue reading, subscribe now.

Subscribe

Get unlimited access to PS premium content, including in-depth commentaries, book reviews, exclusive interviews, On Point, the Big Picture, the PS Archive, and our annual year-ahead magazine.

https://prosyn.org/Dnxegsqpt;
  1. op_twliu1_XinhuaXiao Yijiu via Getty Images_wuhancoronavirushospitaldoctor Xinhua/Xiao Yijiu via Getty Images
    Free to read

    Witnessing Wuhan

    Tracy Wen Liu

    While Chinese authorities have been projecting an image of national triumph over the COVID-19 outbreak there, the doctors and nurses on the front lines tell a different story. Having lived through hell, they see little to celebrate, much to mourn, and reason to remain fearful.

    9

Edit Newsletter Preferences